Notícias >> Guia >>
Guia


25/07/2008

Doces com ingredientes da Região Norte agradam em cheio a quem busca novos sabores

Do Correio Braziliense

Tradicionais chocolates da Stans levam musse de cupuaçu como recheio

Depois de tantas delícias salgadas, que tal adoçar o paladar? As sobremesas com ingredientes da Região Norte agradam em cheio a quem busca novos sabores para os tradicionais bombons e sorvetes. Por toda a cidade, criativas receitas aliam o exotismo dos sabores regionais a técnicas apuradas de processamento, para garantir a melhor degustação. A grande variedade de frutas abre um leque de opções a quem se aventurar, mais uma vez, pelos aromas e texturas nacionais.

Chef do restaurante Dom Giuseppe, em Belém, Fábio Sicília lembra do cacau paraense, que começa a ser descoberto em outras localidades. “A maioria dos produtores tem métodos de cultivo artesanais, totalmente enquadrados nos parâmetros orgânicos. O cacau, como está no habitat natural, tem expressão de sabor maravilhosa, sem interferência do maquinário industrial.” A Stans Chocolates oferece bombons recheados com musse de cupuaçu, outra fruta típica. A tentação sai a R$ 9,20 (100g), mesmo preço dos outros 40 sabores.

A família de Bruno Kzam é de ascendência sírio-libanesa, mas escolheu a Amazônia como lugar para morar. O dono da sorveteria Saborella acolheu os frutos da região e oferece exóticos sabores aos clientes. Tapioca é o de maior sucesso, assim como o de açaí. Mas a grande vedete nos últimos meses tem sido o Serra do Navio. “É uma homenagem à cidade da minha família, no Pará”, explica. Doce de cupuaçu, pedaços da fruta e farinha de castanha-do-pará são misturados com técnicas italianas de produção de sorvetes. Bacuri, murici e taperebá também estão na carta de sabores.

Antes alimento de marombeiros devido ao elevado valor energético, o açaí já pode ser considerado brasiliense. Caiu no gosto de todas as turmas e aparece no Marietta misturado à banana e ao xarope de guaraná, com granola (R$ 8,50). O suco de açaí também faz sucesso, principalmente batido com morango (R$ 4,60).


Todas Notícias